Atendimento com hora marcada
com Fedra: 11 99411 5192 ou com Rugiero pelo cel: 11 994113315

Artigos / Polêmicas


17.01.2010

Arte Primitiva

Na história da arte há diversos significados para o conceito de primitivo. A primeira definição aparece no século XVI como atributo dos pintores e escultores em atividade entre os séculos XIII e XV, período anterior a Alta Renascença. Neste contexto estavam os trabalhos de artistas que buscam mais naturalismo, porém ainda bastante estilizado. A partir […]

 

 


17.01.2010

Revendo Lorenzato

“Depois de Guignard, Lorenzato é o mais importante pintor de Minas”. Tenho ouvido essa afirmação mais de uma vez, nos últimos tempos, de pessoas relacionadas com o mercado de arte. Lembrei-me da primeira vez que entrei em contato com a obra desse artista, em 1978, quando iniciava minha carreira solo de marchand sob a decisão […]

 

 


Sou do tempo em que não existia a ocupação de curadores. Para alguém ser marchand tinha que ter conhecimento, algum capital, e principalmente muita ousadia para apostar nos ganhadores certos da corrida. Essa postura vinha de uma tradição fortemente acentuada nos tempos do impressionismo. O marchand Durand-Buel segurou praticamente sozinho a barra do começo dessa […]

 

 


5.01.2010

CASA SEM COR

Reconhecida por reunir os mais badalados Arquitetos e Designers de Interiores do Brasil, a Casa Cor não tem o mesmo sucesso quando o assunto é Arte Brasileira. “Esta seria uma excelente oportunidade para apresentar a um público tão dirigido o que há de mais importante na arte brasileira”, diz Roberto Rugiero, marchand e diretor da […]

 

 


Uma convivência de décadas marcou minha proximidade do artista Agostinho Batista de Freitas. Tive o privilégio, a partir de 1974, de cuidar parcialmente de sua carreira. Já em 1978 pude reunir obras de grande qualidade para uma individual que veio a merecer a atenção de Olívio Tavares de Araújo, em matéria publicada pela Revista Veja. […]

 

 


Em Belo Horizonte o artesão Raimundo Machado de Azevedo construiu um presépio com 45 cenas da vida de Cristo composto por 580 figuras finamente esculpidas. Movida por um pequeno motor e uma parafernália de linhas e carretéis, foi o único trabalho artístico feito por Raimundo, que dele se ocupou a vida inteira. Chamava-se O Presépio […]

 

 


Sou usuário do Metrô, pois moro próximo da estação Clinicas e já vi inúmeras exposições no comprido corredor de acesso, onde pessoas costumam passar apressadas, quase sem notar que nas paredes e colunas centrais muitas vezes podem ser vistas obras importantes, superiores mesmo às que constituem o acervo de muitas de nossas galerias comerciais mais […]

 

 


É muito comum um artista ou um movimento artístico tornarem-se de tal maneira dominantes, que acabam por se transformar em padrões seguidos por muitos criadores, engessando sua produção. Esse comportamento pode atingir todas as linguagens. Uma vez estive no Rio Grande do Norte, onde a obra de referencia era a de um pintor chamado Dorian […]

 

 


Não é preciso entender muito de economia para saber que estão em formação algumas bolhas que podem estourar ao menor vacilo da economia brasileira. Recebo na web ofertas de imóveis em relação às quais a única atitude sensata seria chamar a polícia. Uns predinhos feios, outros devidamente maquiados (imagino o custo do condomínio), a preços […]

 

 


A única ocasião em que visitei um museu e na saída tive vontade de pedir a restituição do valor da entrada foi em Paris, quando, embalado pelos escritos de Rilke sobre Rodin, de quem foi secretário, fui conferir a obra do renomado escultor. Sei que vou causar espanto e mesmo indignação ao mostrar decepção a […]