Atendimento com hora marcada
com Fedra: 11 99411 5192 ou com Rugiero pelo cel: 11 994113315

Nascido no final dos anos 60 na Chapada dos Veadeiros, Moacir Faria é mudo e analfabeto. De família muito pobre, começou a manifestar-se no desenho atuando sobre grandes pedras de granito existentes na região, sobre as quais realizava estranhas figuras que lembram vagamente a arte rupestre. Mais tarde aprimorou a técnica e ajudado pelo fotógrafo João Fernandes passou a desenhar com giz de cera e pintar com tinta acrílica. Seu trabalho pode ser considerado “art brut”.

Quatro caras, 63x49 cm - 2002

Quatro caras, 63×49 cm – 2002

Abraço, 49x63 cm - 2002

Abraço, 49×63 cm – 2002

Cabeça-peixes, 63x49 cm - 2002

Cabeça-peixes, 63×49 cm – 2002

Cenas obcenas, 63x45 cm - 2004

Cenas obcenas, 63×45 cm – 2004

Flor, 63x49 cm - 2002

Flor, 63×49 cm – 2002

Gazela e aves, 63x49 cm - 2003

Gazela e aves, 63×49 cm – 2003

Mulher de costas, 59x42 cm - 2004

Mulher de costas, 59×42 cm – 2004

Mulheres, 59x42 cm - 2004

Mulheres, 59×42 cm – 2004

Rosto e pernas, 63x49 cm - 2002

Rosto e pernas, 63×49 cm – 2002

Ser com vaginas, 64x44 cm - 2003

Ser com vaginas, 64×44 cm – 2003

Santos, 49x63 cm - 2004

Santos, 49×63 cm – 2004

Galos,30x43 cm - 2002

Galos,30×43 cm – 2002